Light

Relações com Investidores

Estratégia e Vantagens Competitivas

Estratégia

A Light gera valor para os seus stakeholders por meio da busca da eficiência operacional e da melhoria da qualidade dos serviços. Para cumprir esses objetivos, foram definidas as seguintes iniciativas:

Intensificar os esforços para combater o furto de energia e reduzir a inadimplência

O programa de combate ao furto de energia leva em consideração condições socioeconômicas e ferramentas de diagnóstico que permitem identificar a localização e a principal causa das perdas comerciais. Para combatê-las, a companhia intensificou inspeções e cobranças de clientes nas áreas possíveis, onde estão os clientes com maior potencial de pagamento da dívida e onde o nível de perdas ainda é alto quando comparado ao de concessões menos complexas.

Melhorar a estrutura de capital, a geração de caixa operacional e a liquidez

A Light está focada em reduzir o nível de endividamento e melhorar sua estrutura de capital para fortalecer a liquidez e a geração de caixa. Está reperfilando a sua dívida bancária, alongando o prazo, reduzindo custos e acessando novas fontes no mercado de capitais.

Alocar eficientemente seus recursos

Com a implantação e o uso de ferramentas para controlar custos e otimizar investimentos, bem como a renegociação de contratos com fornecedores, a Light busca eficiência na alocação de seus recursos.

São priorizados investimentos que sejam incorporados à nossa base de remuneração e tragam efetivo retorno para a companhia.

Distribuir energia com segurança e voltada para o bem-estar de sua força de trabalho e da população

A Light investe em treinamento e na atualização de procedimentos voltados para a segurança e qualidade de vida de sua força de trabalho. Essa preocupação se estende às comunidades em que atua, por meio de campanhas de segurança e da implantação de programas sociais e de preservação ambiental.

A companhia vem fortalecendo uma cultura interna de “senso de dono”, voltada para conquista de resultados, valorizando os colaboradores com base na meritocracia, segurança e ética.

Reduzir a exposição a ativos não estratégicos

A companhia tem como objetivo reduzir sua exposição a ativos não estratégicos e/ou nas participações em que não tenha o controle, concentrando esforços na criação de valor, em especial no segmento de distribuição. Além disso, busca reduzir a necessidade de realização de aportes de capital nesses ativos.

Pontos fortes

A companhia acredita que seu posicionamento no setor pode ser refletido nos seguintes pontos fortes:

Antecipação da Revisão Tarifária Periódica e credibilidade no relacionamento regulatório

Em março de 2017, a ANEEL aprovou a antecipação da Revisão Tarifária Periódica (RTP) da Light, prevista inicialmente para novembro de 2018, com os seguintes impactos positivos:

  1. Incorporação à Base de Remuneração Regulatória (BRR) dos investimentos realizados entre 2013 e 2016 com glosa de apenas 3%, tornando a BRR líquida da Light uma das maiores dentre as distribuidoras brasileiras;
  2. Aumento do percentual de repasse das perdas não técnicas na tarifa, de 30,11% para 36,06%; e das perdas técnicas, de 5,40% para 6,34%; e
  3. Flexibilidade das metas dos indicadores de continuidade do fornecimento em razão da percepção da complexidade da concessão.

As melhorias obtidas ao final do processo de Revisão Tarifária foram resultado do desenvolvimento de uma excelência regulatória pela Light, com grande capacidade analítica e background técnico, o que permitiu a construção de credibilidade junto ao regulador.

Potencial de redução das perdas de energia

A estratégia atual de combate às perdas comerciais prioriza as chamadas áreas possíveis, onde existem condições de segurança para a operação e, também, onde se obtém a incorporação e recuperação de maiores volumes de energia por cliente.

Trabalhando com foco e determinação nessas áreas será possível atingir a meta regulatória e assim propiciar ganhos expressivos de EBITDA.

Eficiência do processo de cobrança

As iniciativas de cobrança de clientes inadimplentes contemplam a suspensão da entrega de energia, a comunicação a agências de crédito e a negociação da dívida em aberto.

Com a implantação e uso de um novo sistema que permite a integração dos dados dos clientes, os procedimentos de cobrança, incluindo a emissão de contas, estão se tornando mais eficientes.

Em 2018, mesmo com as condições econômicas adversas no Estado do Rio de Janeiro, o índice de arrecadação melhorou nos segmentos varejo, grandes clientes e poder público, esse último, que possui o maior volume de dívidas vencidas.

Excelência na prestação de serviços

A Light investe na melhoria da qualidade de seus serviços, aplicando recursos em novos equipamentos, na manutenção preventiva, no treinamento de seu pessoal e em tecnologias de ponta no atendimento ao consumidor.

Os índices de qualidade permanecem em uma trajetória consistente de bons resultados em função das melhorias operacionais e dos investimentos realizados ao longo dos últimos anos.

No fim de 2018 os indicadores de qualidade do serviço (DEC e FEC) estavam abaixo do limite estabelecido pela Aneel.

Equipe de gestão com vasta experiência no setor elétrico

Os executivos possuem extensa atuação no setor elétrico com uma experiência média de 17 anos no setor.

O modelo de gestão combina metas individuais e coletivas, assim como remuneração variável destinada a atrair e reter profissionais qualificados, alinhando os interesses dos acionistas aos da administração.

Companhia em área de concessão concentrada e desenvolvida

A Light distribui energia para cerca de 4,4 milhões de consumidores em uma área de concessão que inclui a região metropolitana do Rio de Janeiro, localizada no estado com 2º maior PIB do País.

A companhia ainda opera um parque gerador próprio, com uma capacidade instalada de 872 MW. A atuação integrada, conjugada à atividade de comercialização, possibilita um balanceamento estratégico entre os segmentos de distribuição e de geração de energia.

Performance robusta do segmento de geração

A Light possui um parque de usinas operacionais com energia vendida exclusivamente no mercado livre e com baixo custo de operação, propiciando uma geração de caixa estável e com maior previsibilidade no longo prazo.

A atuação no segmento de geração proporciona flexibilidade para mapear oportunidades de comercialização de energia com margens mais atrativas.

Base de clientes diversificada

A Light possui uma base de clientes diversificada entre os segmentos residencial e comercial, dependendo, em menor escala, do desempenho do segmento industrial.

A carteira diversificada de clientes, aliada às características de distribuição de renda na região metropolitana do Rio de Janeiro, reduz os riscos relacionados à diminuição do consumo. O mercado residencial tende a ser menos sensível às oscilações da economia quando comparado ao mercado industrial, que reage mais rapidamente a reduções no ritmo de desenvolvimento e crescimento econômico.

Índices Índices
Close